terça-feira, 6 de março de 2007

Zoneamento de oleaginosas para a fabricação de Biodiesel


O zoneamento de oleaginosas como girassol, amendoim, mamona, canola e coco, com a finalidade de produzir matéria-prima para a fabricação de biodiesel, é prioridade para o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O de cultura de girassol, válido nos Estados de Goiás, Tocantins, Piauí, Mato Grosso do Sul e Maranhão, além do Distrito Federal, já foi publicado.

Desta forma, espera-se facilitar a operacionalização do crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e dar tranqüilidade ao agricultor familiar, que contará com o Seguro da Agricultura Familiar e/ou o Garantia-Safra. As nove empresas que fornecerão 840 milhões de litros de biodieseis para o Governo Federal se comprometeram em dar preferência aos agricultores familiares na hora de adquirir matéria-prima. Na seqüência, estão previstos os zoneamentos das culturas do amendoim, mamona, canola e coco. Exceto para canola, todos incluem o Estado de Goiás.

Redação
Fonte: O Popular

Um comentário:

wbidin disse...

Qual a vantagem ou desvantagem deste zoneamento? Isso de algum modo significa que o produto que plantar girassol em SP não poderá obter o seguro rural?