quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007

Biodiesel já leva empregos para Rosário do Sul

A instalação da usina de biodiesel está movimentando a economia de Rosário do Sul neste início de ano. Mais de 300 pessoas já foram contratadas para trabalhar no canteiro de obras às margens da BR 158, a 22 quilômetros centro da cidade e a previsão é de que o total de operários chegue a 600 neste mês.

O empreendimento impulsiona os setores hoteleiro, imobiliário, de transportes, de alimentação, de material de construção, postos de combustíveis e lojas em geral. Mais de mil refeições diárias são servidas por uma empresa especializada, que admitiu cozinheiras e ajudantes e aumentou as compras em supermercados e açougues.

A contratação de ônibus e vans para o transporte de operários incrementa os serviços de manutenção e as vendas de peças. As imobiliárias alugaram diversas casas e alguns hotéis estão lotados com a chegada de técnicos e trabalhadores especializados em montagem de usinas, que vieram da Bahia, Ceará, Piauí e outros estados.

Nas lojas de material de construção foram gastos em torno de R$ 100 mil só nos primeiros 25 dias de obra. A empresa Brasil Ecodiesel está investindo R$ 20 milhões na montagem da usina, que deverá produzir anualmente 120 milhões de litros de biodiesel para a Petrobras. O primeiro contrato fechado entre as empresas é de R$ 138,4 milhões e prevê a entrega de 80 milhões de litros de biodiesel em 2007.

A meta da empresa é produzir, em média, 360 mil litros por dia. Deverão ser processadas, diariamente, 700 toneladas de grãos. Isso representará a movimentação de mais de 50 vagões ferroviários por dia no local.

A estimativa é de que cerca de 30 mil agricultores gaúchos estarão produzindo para abastecer a usina, que utilizará como matéria-prima soja, mamona, girassol, canola, pinhão e outras oleaginosas. Escritórios de compra e depósitos de grãos estão sendo montados em diversas cidades, como Santa Maria e São Luiz Gonzaga. A empresa distribui gratuitamente sementes de mamona e girassol e oferece assistência técnica e transporte ao produtor.
Fonte: Correio do Povo

Um comentário:

TIMES BRAZIL disse...

Parabéns pela iniciativa, o biodisel é o combustível do futuro... vamos torcer para que nossos governantes não esqueçam disso com a descoberta do pré-sal e que continuem a investir em pesquisas para a melhoria nesse sentido!

Abraço!!