segunda-feira, 12 de novembro de 2007

O milho, o etanol, os ricos e a fome

Como um estudante folgazão diante de iminência de um exame final, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, enfrenta a crise dos hidrocarbonos estabelecendo ambiciosas metas para produzir anualmente 35 bilhões de galões de agrocombustíveis até 2017. O governo Bush pisa no acelerador da produção de etanol, alarmado pelo aumento do preço do petróleo, pela instabilidade em regiões ricas em hidrocarbonos e pela crescente competição por esses recursos por potências como China e Índia. Porém, empurrado por poderosos interesses, o mandatário escolheu o milho para extrair etanol, uma opção cara, ineficiente e destrutiva.

Mark Sommer - diretor do programa de rádio A World of Possibilities

Ver Materia aqui: O milho, o etanol, os ricos e a fome

Fonte:

Um comentário:

amauri disse...

os estados unidos pretende fazer do etanol brasileiro como esta fazendo caom as florestas. eles acabaram com as suas florestas e agora quer presenvar as nossas ele quer produzir muito etanol caro e quer que o brasil produza comida e barata esse e o feitio dos governos americanos e nossos governos vai fazer oque sobre isso... acorda Brasil